quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

EXAGERADO


Exagerado?

Eu?

Sim!

Bastante!!!

Eu gosto do EXAGERO em tudo: acho que faz bem! Pra me entender, basta me ouvir falar:

“EXAGERADO, JOGADO (sic) AOS PÉS DE QUEM MERECE, EU SOU MESMO EXAGERADO, ADORO (sic) O AMOR QUE EU INVENTEI."