sábado, 25 de dezembro de 2010

PARA TERMINAR E COMEÇAR BEM O ANO

Faça o download e ouça o som da minha banda: Yaconawas. Em breve, você poderá saber mais sobre a gente aqui.
Coloco esse arquivo hoje porque sei que 2011 será um ano bom gente e é o que desejo para todos vocês.
Bom 2011! Felicidade geral!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

TEXTOS NOVOS

Terei textos novos a partir do dia 31/12. Para terminar e começar bem o ano. Obrigado aos que, mesmo sem novidades, me visitam e sugerem.
Boas festas!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

SOBRE TEXTOS NOVOS, SALÁRIO DO LULA, DA DILMA E ...

Me desculpem por não postar textos meus. É que estou sem tempo pra postar, mas o blog não pode parar e há coisa que, mesmo sendo impublicáveis do ponto de vista ético, têm que ser alardeadas aos quatro ventos. Como essa materiazinha aí de baixo. Leia e segure o estômago.

"O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que é "justo" e "necessário" o reajuste dos salários do Executivo e do Legislativo.

Lula argumentou que o fim da legislatura é o momento certo de aprovar aumento de salários.

Segundo reportagem publicada hoje na Folha, deputados e senadores já defendem aumentar os próprios salários e, por tabela, reajustar também o da presidente eleita, Dilma Rousseff (PT).

Lula endossa o argumento. Para ilustrar, lembrou de episódio que ocorreu quando foi eleito em 2002, ano em que o Congresso reajustou seus vencimentos e desconsiderou a Presidência da República. Irritado, afirmou que foi vítima de "sacanagem".

"Fizeram uma sacanagem comigo, em 2002. Aprovaram [aumento] só para a Câmara e para o Senado e não aprovaram para o presidente da República. Eu não reclamei", disse o mandatário durante viagem a Moçambique, na África.

Lula contou que no dia 2 de janeiro, logo depois de assumir o mandato, o então presidente do Senado Ramez Tebet (PMDB-MS), já falecido, foi à sua sala dizer que tinha encontrado uma brecha para garantir reajuste.

"Eu respondi: olha, meu filho, pode deixar prá lá porque eu não quero como primeira medida um aumento do presidente. Fique tranquilo. Ganho pouco, mas ganho mais do que ganhava na Vilares [metalúrgica que Lula trabalhou em SP]. Fique tranquilo.""

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

É UM SUCESSO TÁTICA DO MEC PARA DESMORALIZAR ENEM

É de impressionar o zelo e o custo com que o Ministério da Educação exerce a incompetência ao gerir o Enem. Convocada, a rapaziada compareceu a mais uma rodada do exame. Uma parte saiu da prova com uma questão irresolvida. Coisa de múltipla escolha:

Letra A: O MEC faz muito mal todo o bem que faz aos estudantes.

Letra B: O MEC faz muito bem todo o mal que faz aos estudantes.

Letra C: Todas as alternativas alteriores.

A encrenca concentrou-se no sábado (6). A prova trazia questões repetidas. Faltavam-lhe outras questões. Na folha de teste, a sequência de perguntas era uma. No cartão de respostas, outra. Um espanto!

A encrenca ganhou a web. Tornou-se assunto instantâneo das redes sociais. O MEC foi ao incêndio munido de gasolina. A equipe do ministro Fernando Haddad (Educação) pendurou no twitter da pasta uma nota ameaçadora e deseducada:

“Alunos que já ‘dançaram’ no Enem tentam tumultuar com msgs nas redes sociais. Estão sendo monitorados e acompanhados. Inep pode processá-los”.

A fogueira subiu. E o time do Inep desceu ao twitter. Dessa vez, munido de uma seringa de água:

“Acompanhamento do twitter: monitoramento do Inep diz respeito a quem dizia utilizar celular durante a prova, e não aos comentários na rede”.

Em entrevista, o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), Joaquim José Soares Neto, soou satisfeito. Para ele, o Enem-2010 foi "um sucesso". Como assim? “É um processo complexo e, portanto, passível de falhas. Se houve equívocos, vamos apurá-los”.

O “sucesso” foi tamanho que a OAB aconselhou às felizes vítimas que batam à porta do Ministério Público.

Como parte do êxito, o mandachuva do Inep informou que vai ao ar, na quarta (10), formulário virtual para a requisição de alunos que quiserem reordenar suas respostas.

De resto, o professor Soares Neto disse que pode ser oferecida aos felizardos a oportunidade de uma nova prova, a ser aplicada em dezembro.

No início de 2009, o ministro Haddad anunciara uma bela novidade: o MEC ofereceria à estudantada a oportunidade de prestar dois exames por ano. Com isso, seria reduzida a TPV (Tensão Pré-Vestibular). Era lorota marqueteira. As provas do ENEM foram furtadas, vazadas e adiadas. Em 2010, nada de dois exames. O “sucesso” veio de uma única vez. Meses antes, o Inep já havia cavalgado outro lance esquisito. Descobriu-se que os dados pessoais de 12 milhões de estudantes, que o instituto deveria guardar em segredo, estavam ao alcance de um clique de mouse. Na ocasião, o professor Soares Neto demonstrara o mesmo desapreço à autocrítica: o vazamento "não afeta de forma alguma a credibilidade do Inep".

De fato, nada parece afetar a “credibilidade” do MEC. Ali, a incompetência é exercida, por vezes, com a máxima competência.

Blog do Josias

sábado, 30 de outubro de 2010

AMANHÃ

O Brasil teve segundo turno. Apesar de as pesquisas apontarem essa possibilidade como incerta, ela aconteceu. E aconteceu em circunstâncias bem distintas do que previam (afirmavam) os institutos de pesquisa oficiais. Eu gosto sempre de lembrar disso... Mas, e agora? Agora é o amanhã que importa, amanhã é o grande dia. Outra vez as pesquisas estão aí. Há quem acredite, há quem duvide. Eu faço parte do segundo grupo. Ainda me custa muito acreditar que o povo brasileiro vai votar exclusivamente pela barriga. Não que isso não seja importante, afinal só quem sente o sapato apertado é aquele que o calça, mas há outras coisas também importantes que concorrem para a "comida na mesa, comida no prato" como, por exemplo, o que é e o que defende cada candidato. Não falo aqui de aborto ou casamento gay, falo de educação, de saúde, de segurança, mas, prioritariamente, de educação. Sem ela nenhuma outra área funciona: deixar de investir em educação é impossibitar as pessoas de pensar no amanhã, e impedir que se construa um país com pessoas que saibam viver sem a ajuda de bolsas. Como professor sei o poder que tem a educação e imagino o que ela faria se o povo tivesse acesso à tal educação de qualidade, entre outras coisas, esse povo conseguiria se reinventar e aí está uma outra coisa que precisamos fazer urgentemente: a alternância de poder é muito importante para isso que chamamos de democracia. A história já provou que nenhum regime, que fica anos no poder, é bom para o povo, porque chega uma hora que o povo passa a ser o menos consultado, o menos beneficiano diante de uma decisão importante. O poder, concentrado na mão de poucos por muito tempo, cega, impede de ver e dai nascem pontes que ninguém pediu e que para nada servirão, escolas onde não há alunos para estudar, dinheiro investido onde não deveria ser... Falo essas coisas por experiência própria e sei que essa realidade se estende por todo o Brasil. Hoje não podemos ser tão imediatistas, querer tudo "pra ontem, pra já", porque o futuro vem e tem chegado cada vez mais rápido. Se não pensarmos nele agora, não saberemos o que fazer quando ele chegar; se colocarmos pessoas erradas, despreparadas, no poder hoje, amanhã a reclamação não fará muita diferença e o que projetamos pode não se concretizar. Amanhã é um dia muito importante para o amanhã.
Eu acho que fecho aqui esse leva de textos sobre política, sobre eleições. Não escrevi muito, porém o que escrevi foi fruto de todas as análises que fiz na tentativa de enxergar o que era melhor para mim e para o meu país. Nem tudo que pensei viraram palavras postas aqui, mas o que virou foi sincero e, sobretudo, esperançoso. Agora é torcer pelo amanhã.
Boa sorte, Brasil. Vote bem!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

DEBATE CONFUSO

Escrevo esse texto enquanto assisto o debate entre os presidenciáveis na Record. Lamento por pouco ouvir as respostas das perguntas. Tanto de um lado quanto de outro o que parece valer mais a pena são os ataques vazios e gratuitos. A despeito disso, ouvir Dilma é inquietante: ela não articula as ideias, troca as palavras, se enbanana toda, além de manter quase todo o tempo um tom irônico que não esclaresce nada e eu fico doido com isso. O Serra discorre com maestria. Ainda assim, encher o debate com a Petrobrás, Petrobrax, com o Pré-sal, com Paulo Preto faz também encher o saco. Existem outras coisas mais importantes para discutir.
Todo mundo já sabe dos escândalos que marcaram o governo do PT nesses últimos anos e o Serra também tem defeitos, mas o que mais se espera é ouvi-los falar sobre o que farão daqui pra frente. Isso não é apagar o passado, por que no caso de um deles nem a melhor das borrachas apaga. Eu só quero saber quem é o melhor entre os dois para governar o Brasil!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

PESQUISAS MENTIROSAS 2: A MISSÃO

Nós que acompanhamos a movimentação política nesse ano de eleição já vimos esse filme. Como nunca na história desse país (De quem é essa célebre frase?) os institutos de pesquisa maquiaram tanto os seus resultados! Agora o Vox Populi, que de vox populi não tem nada, divulgou uma pesquisa que aponta Dilma com 51% contra 39% de Serra. De onde eles tiram isso?
No primeiro turno, apontaram a candidata do PT como favorita e possível vencedora do primeiro turno. E o que aconteceu? Quase levou um banho do tucano e viu Marina sapatear nos seus mais de 50% de votos. De novo, mostrando que NÃO APRENDERAM A LIÇÃO, voltam com esse palhaçada que já não diverte nem engana ninguém.
O Serra pode até não ganhar (pelo que não torço), mas perder como estão apontando é ridículo, vexatório, é dizer: Ei, brasileiro, você é trouxa! É dizer na cara dura...

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

DEBATE DO 2º TURNO

O debate de domingo quase não foi assistido. De acordo com o portal R7, a Band ficou em quinto lugar no pouco confiável Ibope.Será por isso que a candidata do PT resolveu adotar um tom grosseiro e agressivo(e mais verossímel por se aproximar mais do que ela é de verdade)?
Não digo aqui que as pessoas não se aborrecem ou que os políticos são ''anjos de luz'', mas o que passou no domingo à noite foi bizarro. Dilma não respondeu à maioria das perguntas, preferindo se defender (ou atacar) do que ela chamou de rede do mau criada na internet para difamá-la. Para isso usou um tom áspero que me fez ficar assustado ao lembrar da imagem cândida que ela vendeu no primeiro turno.
A grande questão é que Dilma não pode esconder mais o que é. Agora ela está na base do 'vai-ou-racha'. Uma pessoa assim, que demonstra descontrole quando está acuada, não pode estar à frente de um país como o Brasil. É perigoso!
Eu sei que vocês já ouviram o ditado que diz que 'onde há fumaça, há fogo' e eu sei que, nesse caso, quem acendeu essa fagulha foi ela mesma. As denúncias têm fundamento. Os vídeos do youtube não a deixam mentir, mas mesmo assim ela não admite.
Tem mais debate pela frente. E mais verdade (comportam

sábado, 9 de outubro de 2010

OS MENTIROSOS INSTITUTOS DE PESQUISAS JÁ COMEÇARAM OUTRA VEZ

Eu li aqui.

"A pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (9) aponta a candidata Dilma Rousseff (PT) à frente no segundo turno das eleições, com 48 por cento das intenções de voto, enquanto José Serra (PSDB) tem 41 por cento.

No levantamento do Datafolha realizado entre 1 e 2 de outubro, antes da realização do primeiro turno, Dilma aparecia com 52 por cento, e Serra, com 40 por cento no segundo turno marcado para 31 de outubro.

A pesquisa, divulgada e contratada pelo jornal Folha de S.Paulo, foi realizada no dia 8 de outubro junto a 3.265 eleitores, com margem de erro de 2 pontos percentuais.

Na eleição de primeiro turno, realizada em 3 de outubro, Dilma recebeu 46,91 dos votos e Serra ficou com 32,61 por cento."

QUEM AINDA ACREDITA NELES?


quarta-feira, 6 de outubro de 2010

NOVA ENQUETE

Na enquete anterior, 122 pessoas participaram livremente expondo, através do 'voto', sua opinião sobre quem venceria a eleição para presidente no primeiro turno. Ao contrário das pesquisas ditas oficiais, que erraram feio sobre o resultado das urnas, minha singela enquete se aproximou com mais verdade daquilo que fizeram, diante da urna, os brasileiros - em especial os acrianos - no último dia 3 de outubro. Com isso, se confirma que os institutos de pesquisa não são tão sérios e confiáveis assim. O resultado de domingo pôs em cheque sua credibilidade. Um exemplo disso aconteceu no domingo, durante a cobertura da apuração dos votos: o diretor do instituto Vox Populi se viu em maus lençóis ao tentar explicar aos jornalistas da Band o por que de um resultado tão dispare entre as pesquisas que se fizeram antes da eleição - que apontavam Dilma como vitoriosa no primeiro turno e Marina Silva comendo poeira - e o resultado dos votos que, por sua vez, não confirmaram o favoritismo da candidata inventada pelo atual presidente. E nisso mora outra grande dúvida: Onde estão os 80% de aprovação de Lula? Por que com um percentual tão elevado assim (são as pesquisas dos institutos que dizem isso), Dilma não conseguiu ser eleita como previam? Essa é uma pergunta fácil de responder. Sei que todos já sabem a resposta. Todavia, o que quero perguntar agora é: Quem vencerá a disputa para presidente neste 2º turno das eleições 2010? Serra ou Dilma. A enquete está aberta. E, a propósito, ela é livre, eu não manipulo o resultado.

sábado, 2 de outubro de 2010

AMANHÃ É 3 DE OUTUBRO

O dia das eleições chegou. Fazia tempo que não ficava tão ansioso por esse evento, embora sinta muito medo por que, infelizmente, hoje minha expectativa gira em torno da possível constatação de que a maioria do povo brasileiro não 'tá nem ai pro seu futuro.
Contudo, eu ainda torço para que ainda haja alguma fagulha de consciência política na cabeça das pessoas.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

VOTA NA ENQUETE

Ainda dá tempo. Como já disse aqui, isso não tem valor científico, mas pode servir para fazermos nossas comparações e conjecturas. Aí, do lado direito do seu monitor. A propósito: faltam três dias.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

O DISCURSO DE DILMA E A FRANQUEZA DO PLÍNIO

Assisti atentamente o último debate entre os presidenciáveis (bem) exibido pela Rede Record. Dilma, ao ser perguntada por Plínio sobre como agiria ao ter que escolher pessoas para compor seu governo caso fosse eleita frente as incontáveis denúncias de corrupção, disse (embananada) que tudo deveria ser bem investigado. Discurso repetido por todos do seu partido quando perguntados sobre corrupção. Plínio, em sua pergunta, ressaltou incisivamente que a corrupção, durante o governo de Lula, bateu à porta da Casa Civil por duas vezes. Dilma, por sua vez, disse que ainda que os processos não se encerrem, apontando culpados, ela própria vai cuidar de investigar.
Uma verdade, uma mentira e uma constatação: O processo não vai acabar, todo mundo sabe disso, essa coisa vai se arrastar até o infinito. A Dilma não vai cuidar de nada, não vai mesmo e o medo de que as duas vezes se tornem em várias me assusta!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

CONTAGEM REGRESSIVA: FALTAM 10 DIAS...

...Para as eleições. Confesso que estou agoniado com toda essa espera, por isso comecei a contar os dias. Olhando minha enquete o Serra vence e Dilma perde. Mas, sei que isso é só uma enquete, não posso sair por aí na base do 'já ganhou' como fazem os que gostam do IBOPE e do DATAFOLHA. Aguardemos. Enquanto isso, sigo contando: 10, 9, 8...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

PELO AMOR DE DEUS, EU NÃO ESTOU FAZENDO CAMPANHA A FAVOR DE NINGUÉM

Esse é um preâmbulo do texto "A importância da oposição II". O número I você lê aqui.
Há quem pense que estou fazendo campanha anti-Dilma, mas não é. Apesar de ter medo dela e de me arrepiar toda vez que a vejo na TV, eu não estou tentando acabar com o pouco de boa fama que ela tem ou estimulando os que lêem os meus textos a votarem em candidatos que não são do partido que governa o Brasil atualmente. Não é isso, por favor! A questão é que minha consciência política (Eu tenho isso mesmo? Oh! Eu tenho.) me leva a crer que eu não posso colaborar com o regresso ou a instituição do totalitarismo. Eu não posso! Se você estiver disposto nesse momento, recomendo que você clique aqui, aqui e aqui e veja que o eu estou falando não é brincadeira. É muito sério! Nenhum país que se diz democrático (se bem que acho que o Brasil não o é, só no nome) deve aceitar um governo unilateral e achar normal que candidatos digam durante um campanha eleitoral que, se o fulano de outro partido que é oposição ganhar ele vai atrapalhar os maravilhosos planos de desenvolvimento que temos pra blá, blá,blá... Até certo ponto, é até bom que atrapalhe porque nós já sabemos que nem tudo o que é maravilhoso para os políticos (e pretensos políticos) desse país é bom para o povo. Eu já disse isso.
Penso que é importante pensarmos nessas coisas antes de nos dobrarmos aos sorrisos marotos dos candidatos e aos seus pedidos emocionados de "votem em mim por que sou bom acima de média". Se fosse assim, o Brasil não seria a merda que é (em alguns aspectos) até hoje.

DILMA E "OS FILHOS DE ALGUÉM"

"Não posso ser responsabilizada pelo que faz o filho ou parente de alguém", disse a candidata do PT sobre o escândalo que envolve seu nome e de outros tantos ligados à Casa Civil, lugar que foi seu berço durante algum tempo, antes de sair para disputar o cargo de presidente do Brasil. Ela até poderia dizer isso com mais com tranqüilidade se não estivesse à frente do ministério enquanto "os filhos de alguém" faziam maracutaias ou se "alguém" não fosse tão ligado a ela e compartilhasse das mesmas ideias e pretensões , mas...

sábado, 18 de setembro de 2010

100

Faltam 14 dias para a eleição dessa galera que vai "cuidar" do Brasil. Havia decidido que, quando houvesse 100 votos na enquete que lancei há alguns meses, comentaria seu resultado parcial e diria outras cositas. Pois bem, o resultado está aí e diverge do que as pesquisas oficiais afirmam. Nelas, o Serra, que é o segundo candidato que poderá ser mais votado, corre o sério risco de perder já no primeiro turno. A primeira candidata, aquela que está à sombra do presidente e que tem as mesmas características deles (principalmente as mais ruins), está beeeeem na frente e canta vitória. Marina continua como está e não incomoda os candidatos que estão na dianteira da corrida, embora tenha crescido um pouco - dizem - nesses últimos tempos. Só que tem algumas coisas, algumas muuuuito coisas sérias na comparação que vou fazer agora: Tanto a minha pesquisa quanto a dos institutos oficiais ouvem gente de todo lugar. O meu blog, por exemplo, tem leitores até de fora do país e aqui no Brasil, para ser bem específico, gente de todos os estados me visita (conto 15.134 visitas no momento em que escrevo este texto. Visitas estas que, pelos comentários e por uma ferramenta virtual, posso saber de onde vêm). Os institutos dizem que ouvem gente de todo o país. Outra semelhança é que, diante da enooooorme quantidade de gente que vota - são milhões - o número de participantes que minha enquete e as pesquisas possuem não pode (na verdade, não deve) refletir com exatidão o que a maioria votante, de fato, vai fazer quando estiver na frente da urna. Agora, o que mais me chama a atenção é que o Serra nunca, leiam bem, nunca esteve atrás da candidata do PT. Por ser um blog acriano, seria natural se a Marina estivesse na frente, mas nem isso. Serra, logo no início, até "perdia" para Marina, mas logo dispontou na frente e manteve-se assim sempre, o tempo todo. A tal "primeira colocada", só comeu poeira. E eu pergunto: O que isso quer dizer? A minha pesquisa está certa e as outras erradas ou vice-versa? Definitivamente, não, até pelo que disse ali em cima. Mas digo isso com certa dúvida, por que do que tenho certeza mesmo é que não criei o resultado que tenho hoje e nunca manipulei o resultado que tenho até agora. Disso eu tenho a mais plena certeza. E outra, me impressiona o fato de as outras pesquisas não mostrarem alteração significativa em seus resultados apesar das inúmeras denúncias de corrupção - e quase comprovações (digo isso por que há provas sim das corrupções) que envolvem o nome de Erenice, ex- chefe da casa Civil, pessoa diretamente ligada à candidata do PT. Isso, também, eu definitivamente, não entendo. Eu imagino, mas não entendo. Você entende?

A DILMA É MESMO UM CÓPIA. EU TENHO MEDO DA DILMA. ELA TAMBÉM DIZ QUE NÃO SABIA.

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou hoje de manhã em Campinas que não sabia da atuação de Israel Guerra no governo.
Filho de sua sucessora na Casa Civil, Erenice Guerra, Israel é acusado de fazer lobby em prol de empresas privadas no ministério comandado por Dilma.
A petista também disse que não teve conhecimento dos alertas que o consultor Rubnei Quícoli enviou ao e-mail da Casa Civil apontando a existência de um esquema de lobby operado no governo. "Não cheguei a tomar conhecimento", disse.
Segundo ela, os culpados "dessa história" --envolvendo Erenice Guerra-- têm que ser rigorosamente punidos, independentemente de quem sejam.
Sobre Erenice, ela afirmou que não se pode condená-la sem provas. "Qualquer ato que a desabone tem que ser provado, e não vice-versa. Eu aguardo, não faço pré-julgamento. A ministra Erenice trabalhou comigo e, enquanto trabalhou comigo, demonstrou muita capacidade."

Fonte: UOL

Meu comentário:

A Dilma é mesmo uma cópia, e das piores. Eu repito o que já disse aqui, se ela saiba é criminosa, se não sabia é incompetente.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

COMO ANDAM AS TERRAS VERDE, AMARELA E CINZA POR CAUSA DA FUMAÇA?

Dias intensos de trabalho me põem fora daqui, mas eis-me de novo. Voei de Cruzeiro do Sul (segunda maior cidade do Acre) para a capital Rio Branco e me espantei com o que vi, ou melhor, com o que não vi. A nuvem de fumaça que cobre parte do estado é tão densa que pensei não ser possível ver o avião pousar no aeroporto da cidade. Não tem campanha que dê jeito. Parece que a magia acabou. Enquanto isso, o que pega fogo mesmo é o cenário político. Erenice, substituta de Dilma na Casa Civil (e como eles dizem na propaganda, o cargo mais importante depois da presidência da república, logo devendo ser ocupado pela segunda pessoa mais confiável do Brasil) renunciou - ou foi 'renunciada' - ao cargo. O que mais impressiona agora é como Dilma e desvencilha-se da amiga como se não a conhecesse, como se não tivesse sido ela, Dilma, a mentora da articulação para que Erenice assumisse a vaga deixada no dito tão-importante-ministério.
As empresas que fazem as pesquisas de opinião dizem que, até agora, nada mudou nos prognósticos, que a candidata do PT 'tá lá em cima, bem alto, não há quem alcance, enquanto Serra enfraquece-se dia após dia. Será mesmo?
Outra coisa interessante é o que disse Erenice em sua carta de demissão: "Preciso agora de paz e tempo para defender a mim e minha família fazendo com que a verdade prevaleça, o que se torna incompatível com a carga de trabalho que tenho a honra de desempenhar na Casa Civil." Como é? Paz e tempo? O que essa mulher fazia para . Se ela não é culpada de nada como diz não precisa de tempo para provar a inocência. Na verdade, quando essas coisas acontecem, o tempo só serve para a pizza assar mais lentamente, até que ninguém se lembre mais dela. Lula vem com o mesmo papo de sempre, diz que não sabia de nada e que tudo tem que ser apurado. Ele é o chefe da pizzaria, parece-me. Se ele sabia, é criminoso. Se não, é incompetente. Os dois casos lhe tiram qualquer gabarito para indicar alguém para sucede-lo. Afinal, se isso acontecer, o Brasil vai terminar de afundar na lama porca da corrupção.
Chega! Acho que esse é um bom regresso. Obrigado aos que me visitam sempre, aos que não me abandonam!
EM TEMPO: Para terminar, umas frasezinhas interessantes que achei aqui:
"No início da semana, o noticiário contra Erenice era "factóide", "piada" de uma mídia golpista e atucanada. Hoje, Erenice tornou-se a primeira ministra a ser defenestrada por uma anedota. Coisa nunca antes vista na história desse país."

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

A VIDA DOS OUTROS DO PSDB

Em março de 2006, a Caixa Econômica Federal e a Receita Federal violaram o sigilo bancário e fiscal do caseiro Francenildo Costa, que denunciou irregularidades cometidas pelo então ministro da Fazenda, Antonio Palocci.
Em março de 2006, um grupo de petistas foi preso em São Paulo com R$ 1,7 milhão em espécie, dinheiro que seria utilizado para comprar um dossiê com falsas acusações contra José Serra. O presidente Lula minimizou o caso, classificando-o como uma simples ação de petistas “aloprados”. Ninguém foi punido.
Além disso, houve o caso dos cartões corporativos, o caso Satiagraha, o caso Lina. Em Satiagraha, agosto de 2008, a Polícia Federal investigou, clandestinamente, políticos, ministros e o presidente do Supremo.
Em Lina, agosto de 2009, a Casa Civil interferiu em uma investigação oficial da Receita Federal para favorecer a família Sarney. A então ministra Dilma Rousseff negou a interferência, confirmada pela então secretária da Receita, Lina Vieira, que denunciou Dilma.
Lula tem 96% de aceitação popular.

Leia o texto inteiro no blog do Aldo.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

A IMPORTÂNCIA DA OPOSIÇÃO I

Nesse primeiro texto sobre esse assunto não vou falar sobre a desorganização e a burrice da oposição (especialmente da que (in)existe aqui em meu estado). Quero começar esse assunto destacando a importância dela durante o pleito de qualquer partido que vence uma eleição. Tenho visto a propaganda política obrigatória veiculada pela televisão durante esse período de campanha eleitoral. É chocante ver como muitos candidatos (principalmente do partido que atualmente governa o Acre) mentem descaradamente ao dizer que um candidato de oposição, se eleito, não vai contribuir com o desenvolvimento disso e daquilo, que vai "puxar pra tráz", que não vai servir. Não posso negar que, eventualmente, aconteça, mas isso não justifica o discurso anti-oposição, isto é, que a desqualifica como questão importante para o desenvolvimento da verdadeira democracia. A história já nos mostrou que nem um governo totalitarista, com pensamentos unilaterais e sem oposição atuante, foi bom para o povo, pelo simples fato de que nem tudo o que o governo pensa (projeta) é bom para quem o elegeu. Atualmente, o discurso de quem está no poder é uma salada mista de conceitos ditatoriais, disfarçados de zelo pelo 'bem estar da nação'. É importante pensar que um país novo como o Brasil ainda engatinha no que diz respeito a assuntos democráticos. Na verdade, como disse Arnaldo Jabor, a palavra democracia é usada como algo que não existe de fato: "no Brasil, muita gente não acredita na democracia, mesmo falando nela. Aliás, falam nela para não exercê-la e só acreditam no Estado como lugar onde se tem poder para "domar" a sociedade".
Sem oposição a democracia simplemente deixa de existir. Às vezes, até é importante que haja alguém que 'dê pra traz', que breque os desvarios dos políticos, principalmente os que já estão no poder há muito tempo. A oposição é fundamental para o exercício pleno (ou quase) da cidadania de um povo. Acredito que ao invés de proibirem o humor, deveriam proibir a mentira durante a campanha eleitoral e promover uma conscientização mais clara para quem vai votar.

Continua...

'TÁ TUDO LIBERADO!

Numa decisão racional o Supremo Tribunal Federal 'derrubou' os incisos que proibiam o humor durante a campanhan eleitoral. Sem trucagem e partidarismo por parte das emissoras (o que sempre aconteceu, com lei ou não), será possível "avacalhar" com a cara dos presidenciáveis, dos governáveis, dos deputáveis e desse monte de gente que está correndo atrás de um lugar ao sol no poder executivo. Confesso que estou muito feliz; agora nós vamos saber de muitas verdades, de verdade.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

DATAFOLHA, IBOPE e amostras nem tão honestas quanto parecem. Resultados, idem


Tempo de eleições é tempo de luta. Às vezes com armas desiguais, com golpes baixos, com traições e abusos do poder. Talvez a mais contundente de todas elas seja o uso das pesquisas eleitorais que atuam nos três M's, a saber: M de Money - o dinheiro corre como rio cuadaloso para quem está na frente. M de Mídia - a mídia de modo geral concentra-se e supervaloriza prognósticos favoráveis a quem está na frente retroalimentando a tendência. M de Moral - baixos indicadores abatem o moral dos apoiadores, da equipe, por vezes, do próprio candidato, enquanto o inverso acontece com quem está na frente.

Um certo blogueiro (Lucio Neto) vem acompanhando com lupa as pesquisas divulgadas para presidente da república e identificando fornas sutis de manipulação. Segundo o Lucio Neto, a última pesquisa do DATAFOLHA não foge à regra de estranhezas e coincidências que marcaram as anteriores. Vale muito a pena dar uma olhada em sua análise aqui. O quadro acima é dele. Em síntese, demonstra que "por acaso" a amostragem do DATAFOLHA entrevistou três vezes mais municípios governados pelo PT do que municípios governados pelo PSDB.

Meu rápido comentário: Isso 'tá na cara.

domingo, 29 de agosto de 2010

SÉRIAS CONJECTURAS SOBRE AS QUEIMADAS NO ACRE

Há algumas semanas, o governo do Acre lançou uma campanha contra as queimadas com o apoio do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Exército, polícias Militar e Federal, Ministério Público Estadual e Federal, Força Nacional, prefeituras, IBAMA, IMAC, Sema e outras secretarias estaduais. Ufa, quanta gente! Era uma tentativa de combater o aumento da nuvem de fumaça que cobria a capital Rio Branco e outras cidades adjacentes. Apesar da evidente necessidade da campanha, as autoridades que cuidam das questões ambientais alegavam que a maior parte da fumaça que cobria a cidade e dificultava a respiração (quase que sufocava mesmo!) e a visibilidade vinha de outros estados como Rondônia, Mato Grosso e até mesmo do país vizinho, a Bolívia. Mesmo assim lá se foram todos... A campanha foi pra rua. Quando isso aconteceu, “misteriosamente” a fumaça (‘produzida em grande escala por outros estados, lembrem bem) começou a desaparecer. Parecia mágica. Dia a dia ia se vendo de novo o céu azul e a brancura das nuvens no céus (Que romântico!). Até voltou a chover, o que não costuma acontecer nessa época do ano. O que mais me chamava a atenção era que aqui no Acre não se queima, mas uma campanha como essa era necessária para, talvez, comover os outros governadores que rapidamente resolveram o problema por lá e, consequentemente, por cá. Isso não é ótimo?!

Pelo amor da vaca-parrida, ainda tem gente que acha que o povo é burro: a fumaça era daqui mesmo! Todo mundo sabe que quando chega essa época do ano os grandes pecuaristas (em sua maioria amigos de políticos) aproveitam a estiagem para queimar suas fazendas para transformá-las em pastos. Somadas às condições do tempo e dos incêndios urbanos, as queimadas em grandes áreas rurais são as grandes responsáveis pela contaminação do ar que respirávamos há poucos dias!

Agora que a fumaça acabou (em sua grande parte), 'tá todo mundo feliz. Dá até pra dançar na chuva pra celebrar o grande feito. Mas, acreditem, os culpados são os outros. Afinal, aqui, a despeito da péssima saúde, da violência gritante e do quase caos no abastecimento de água na capital, o Acre é o melhor lugar para se viver na Amazônia, dizem.

Imagens: Blog do Altino. Veja mais aqui e aqui e principalmente aqui, só pra ter certeza de onde vinha a fumaça.

ACABOU A PALHAÇADA. AO MENOS POR ENQUANTO

O ministro Ayres Brito do Supremo Tribunal Federal atendeu, em menos de 24 horas, uma ação de inconstitucionalidade e concedeu liminar suspendendo a censura ao humor na campanha eleitoral. A ação vai ao pleno do STF na próxima quarta-feira para definir se o medo que o Poder tem do riso justifica a censura. (Fonte).
Resta saber se isso vai durar muito. Num país onde a magistratura e classe política, muitas vezes antíquada e retrograda, se esmera para manter os pseudos bons costumes e onde o povo não reivindica o que perdeu, não seria de estranhar se fosse tolhido esse direito essencial, o da livre expressão. Aguardemos a cenas dos próximos capítulos.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

É MUITA PALHAÇADA!

Nos orgulhamos de ser um país progressista, que pensa pra frente, mas isso não condiz com nosso modo de agir. O Estado público agora deu pra determinar até como nossos filhos devem ser educados. No campo da política - que é o que está em voga no momento - além das possíveis pesquisas fajutas, a verdade declarada pelos humoristas foi proibida de ser apresentada. É palhaçada demais! Danilo Gentili, humorista e repórter do CGC da Band, disse que por mais ridículo que ele seja, guarde segredo.E o que mais temos no país e político (e protótipo de político) extremamente “engraçado”, principalmente pelos crimes que cometem. Isso é censura, minha gente. Censura da grossa, deslavada. O que vão inventar agora? Com qual roupa íntima devo ir ao trabalho? (...)

domingo, 22 de agosto de 2010

SERÁ QUE A DILMA LEVA?

Aqui no meu estado a coligação que apóia a candidata do PT já dá como certa a vitória de Dilma no primeiro turno. Se isso acontcer todos os que duvidam da popularidade de Lula - apesar do esquecido escandâlo do mensalão - terão que reconhecer o poder de influência desse, que eu chamo de emblemático, presidente cuja história de vida é realmente impressionante. E eu não sou fã dele, é bom que se diga!
Dilma, no começo da campanha, (coitada!) não sabia nem falar. E ainda não sabe. Deixou de participar de debates por medo de dizer (?) algo que fosse ruim para sua própria imagem. Escondia-se atrás da figura de Lula e não tinha muito o que falar em meio à movimentação política atual. Dilma está crua, sem conteúdo. Apesar disso, ela só cresce nas pesquisas.
Eu sempre estou atento à quantidade de pessoas que são ouvidas nessas pesquisas o que me faz duvidar muito de sua veracidade. Três mil e tantas pessoas não podem representar a opinião de milhões de brasileiros votantes. Mas, mesmo assim, ela cresce e avança sob a promessa de continuar mudando o Brasil.
Agora que a propaganda na TV começou e falta pouco mais de trinta dias para a eleição, Serra vai ter que correr muito se quizer mudar esse retrato, embora acredite que, na verdade, o Brasil é mais atento do que dizem ser.
P.S.: A enquente ainda está aberta. Vote!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

ELEIÇÕES 2010

Assisti o primeiro programa da propaganda eleitoral deste ano. Ridículo!

terça-feira, 17 de agosto de 2010

MORRE JESSÉ SANTIAGO


Pastor e presidente da Câmara do vereadores de Rio Branco (AC).

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

ZUAR CANDIDATO? ISSO NÃO PODE!

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está preocupado, pois entendeu que satirizar um candidato na TV gera desigualdade no processo eleitoral. Ufa! Agora os indefesos candidatos já podem respirar aliviados e se concentrarem na campanha em que, na mesma TV, durante a propaganda eleitoral gratuita, um terá 10 minutos a mais que o outro para expor suas ideias. Isso sim é democrático, igualitário e... Droga... Aqui caberia uma piada, mas não posso fazê-la.

Agora é contra a lei ridicularizar o candidato. Então, lembre-se: por mais ridículo que ele seja, guarde segredo.

Exemplo: Ainda que Collor ridiculamente ligue pra casa de um jornalista o ameaçando de agressão, por mais tentador que seja não mire sua lupa cômica nisso. Ele é candidato, e candidato aqui não fica exposto, fica blindado. O TSE nao é o feirante japonês que deixa a mercadoria exposta para que possamos apalpar e cheirar antes de levar. Ele é o coreano do Paraguai que a deixa na vitrine. Você não toca, não cheira. Apenas paga. Quando chegar em casa, reze antes de abrir a caixa.

E a discussão se essa censura é ou não constitucional? Tenho fé que em breve teremos uma resposta sensata. Logo após eles chegarem à conclusão de outra discussão que há anos os perturbam: afinal, o fogo é ou não quente?

O humorista pega a verdade e a exagera. Ao contrário do político, a verdade é imprescindivel para o sucesso de seu trabalho.. E esse é o problema. Num país onde culturalmente é bonito lucrar com a mentira, a verdade não diverte. Assusta. Indigna.

Onde já se viu um coronel permitir que manguem de sua cara em sua província? Então censuremos! Por isso, recentemente, tivemos imprensa brasileira censurada, jornalista estrangeiro expulso, repórter agredida e agora, humorista amordaçado. É melhor que o Estado defina o que pode ou não ser passado para o público, assim o público continua passando o que interessa para o Estado.

Aristófanes, pai da comédia antiga, exercia abertamente sua função de fazer o público rir, criticando instituições políticas e seus representantes. Se fosse brasileiro, hoje, Aristófanes não poderia realizar seu ofício. A visão democrática do TSE está mais atrasada que a da Grécia de 400 a.C.

Henri Bergson, filósofo francês, afirmou que "não há comicidade fora daquilo que é propriamente humano. Comicidade dirige-se à inteligência pura". Filosoficamente, o pessoal do TSE não é humano, nem inteligente o bastante para compreender o que foi escrito há quase um século atrás.

Freud, pai da psicanálise, entendeu que "rir estrondosamente, satirizar personagens e acontecimentos fazem parte da nossa experiência cotidiana e é crucial pra nossa condição humana". Um século depois, temos uma lei que impede a manifestação do cômico num evento tão importante pra sociedade como a eleição. Psicossocialmente falando, a democracia brasileira encontra-se retardada.

Estudos observam que primatas riem de boca aberta para manifestar raiva e hostilidade. A evolução preservou o instinto do riso no ser humano para que fosse a válvula de escape substituta à agressão física. A lei eleitoral quer abafar o instinto compulsivo da piada e do riso (e sabe lá Deus aonde isso vai pode explodir). Biologicamente, eles estão forçando um passo atrás na escala evolutiva.

Enquanto o Brasil se orgulha de dialogar com países desenvolvidos o suficiente para que nenhuma forma de comunicação seja restrita, a gente fica aqui rindo das imitações de Silvio Santos, porque é o que se pode fazer no momento. Claro, enquanto o Silvio Santos não for candidato.

Muito político faz chorar. Com a mesma matéria-prima o humorista faz rir. Para o TSE a segunda opção é uma ameaça e precisa ser contida.

A liberdade de expressão aqui tem o mesmo conceito de liberdade do zoológico. Faça e fale o que quiser. Você é livre! Desde que não passe os limites da sua jaula.

Não me multem, por favor. Isso não foi uma piada.

DANILO GENTILI é comediante stand-up e repórter do CQC da Band

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

DEBATE ENTRE PRESIDENCIÁVEIS

Voltei. Vamos ao que interessa!
Serra venceu o debate: para argumentar é o mais preparado. Dilma recorreu a papéis com informações que ela não sabia com precisão. Marina... fiquei decepcionado. Até poema ela declamou. Não era a hora. Plínio, um bobo da corte, um bravatista às avessas.
A Rede Globo diz que tenta promover a consciência política da população. Eu vi o quanto. Colocou um jogo de futebol na quinta-feira, coisa que não costuma fazer. O povo, real interessado pelas discussões que a Band apresentou (deveria ser, ao menos) não viu o programa. É lamentável!
Foi um bom debate; para quem viu, extremamente esclarecedor. Mas, fiquei triste, muito triste. Se continuar assim, o povo vai continuar sem saber em quem vota.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

DILMA NÃO VENCE NO ACRE

Pesquisa Ibope realizada no Acre entre 12 e 14 de julho mostra que a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, está em terceiro lugar no Estado. A informação é do Blog do Fernando Rodrigues. O candidato do PSDB, José Serra, tem 39% das intenções de voto, enquanto Marina Silva (PV), que é acriana, tem 29%, e Dilma Rousseff, 16%.
O Acre é um tradicional reduto petista. Nas últimas duas eleições, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva bateu os candidatos tucanos. A pesquisa, que será divulgada nesta segunda-feira, foi encomendada pela Federação das Indústrias do Acre e ouviu 602 eleitores. A margem de erro é de 4 pontos percentuais.
A consulta foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 19.641/2010. (Fonte)
MEU COMENTÁRIO:
Isso não é novidade. Nas últimas eleições, Lula e sua trupe não venceu folgadamente no Acre, já quase foi derrotado pelo candidato tucano, Geraldo Alckmin. No caso atual, há motivos claros para isso: Serra fez e alardeou por todo o Brasil um bom trabalho à frente do Ministério da Sáude durante o governo FHC, criando programas que, até hoje, são copiados pelo governo petista. Isso o fez bastante conhecido, principalmente por aqui, onde a saúde anda (sempre andou) mal das pernas.Lula, pelo que se divulga (coisa que conta muito hoje em dia) não lançou os olhos sobre a saúde do Brasil, que dirá do Acre...
É inegável que, embora tenham sido feitas algumas melhorias na saúde do estado, o povo não sentiu o que ainda faz parte apenas do discurso fantasioso de alguns políticos, que afirmam termos uma "saúde de primeiro mundo". A verdade é que nem de quinto!
O fato de Dilma aparecer tão mal na pesquisa por aqui atribui-se, também, ao fato de ainda viver à sombra de Lula o que, provavelmente, não deixará de acontecer; seu atrelamento à figura emblemática do presidente é o maior - e, talvez, o único - trunfo para tentar chegar ao planalto. Tem outra coisa também: o povo não é trouxa - e não pode ser mesmo. Dar seguimento a um governo dito de esquerda por muito tempo pode ser um perigo: as últimas ideias de Lula (leia-se Armadinejad, Morales, Chaves e tanto outros) não apontam para um futuro muito seguro no que tange às relações políticas internacionais que realmente nos interessam. Mas, isso é assunto pra outro post.
A propósito, como é bom voltar a postar. Obrigado por não me abandorem. Como disse antes, o circo vai pegar fogo agora. Assistamos e participemos de camarote.

terça-feira, 13 de julho de 2010

NÃO ME ABANDONEM

Caríssimos leitores, como todo blogueiro-humano que se preza, preciso trabalhar e meu trabalho (pelo qual agradeço muito porque faço o que gosto) tem me tirado o tempo de blogar. Mas, não me deixem. Na sexta-feira volto com textos inéditos, assunto é o que não me falta. Pra variar, votem na enquete para presidente aí à direita. Agora a coisa vai esquentar. A famigerada Copa passou (Viva España!) e a campanha começa pra valer. Vocês viram, o tucano foi multado por antecipar...ops, já ia me empolgando. Até sexta!

quinta-feira, 8 de julho de 2010

ACHO QUE BRUNO NÃO RI MAIS

Há alguns dias, o ex-goleiro do Flamengo, Bruno, disse que, mesmo diante das evidências de sua participação no desaparecimento da amante, iria "RIR muito de tudo isso". Em uma de suas entrevistas, Bruno disse, também, que não via Eliza Samudio havia três meses e que torcia por seu reaparecimento. Torcia? Pelo que disse no Jornal da Globo de ontem, ele torcia mesmo era pela sua convocação para a Copa de 2014. Como ele mesmo diz, agora fudeu, filé.

terça-feira, 6 de julho de 2010

ON/OFF

Você tem msn? Deve ter. Quase todos esses comunicadores virtuais (o msn em especial) permitem ao usuário trocar seu status durante o uso. É possível, por exemplo, se colocar como Disponível, Ocupado ou Ausente. O fato é que a maioria das pessoas não respeita os status diferentes de ON. Eu sou prova viva disso. Durante a noite, sempre estou on line no msn e, de vez em quando, seja por que quero teclar apenas com apenas uma pessoa ou porque o esteja de fato, marco minha posição como Ocupado ou Ausente. Incrivelmente - às vezes, nem tanto - muitos de nossos "amigos virtuais" insistem em falar, ou melhor, muitos aproveitam exatamente este momento para iniciar uma - desarfotunada - conversa. Você ja reparou que, enquanto estamos Disponível, ninguém quer falar, mas, se alteramos o status, aparece gente até do inferno.

A conclusão é simples, duas, na verdade: uma é que o ser humano sempre quer aquilo que lhe parece impossível (respeitada a devida proporção). A outra, ainda somos muito mal-educados. Na internete então... Deveria haver um manual de boas maneiras virtuais, mas acho que pouco se dariam ao trabalho de ler, de seguir.

VERDADE IGNORADA

"Se o horário oficial é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta?"
Dorival Caymi

domingo, 4 de julho de 2010

COMEMOREMOS, MAS SEM HISTERIA (Leia as linhas vermelhas)

Para contextualizar: O IDEB é a "nota" do ensino básico no país, numa escala que vai de 0 a 10. O MEC (Ministério da Educação) fixou a média 6 como objetivo para o país a ser alcançado até 2021.
O MEC (Ministério da Educação) divulga, nesta segunda-feira (5), as notas do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), que mede a qualidade da educação no Brasil. Acre, Ceará e Rondônia são os únicos representantes das regiões Nordeste e Norte entre os Estados que tiveram melhores notas no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) 2009. O índice, que vai de 0 a 10, foi calculado com base nos resultados da Prova Brasil, do SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica) e da média de aprovação dos alunos das séries iniciais e finais do ensino fundamental e do ensino médio. A região Sul, por outro lado, é a única que têm todos os Estados entre os dez melhores resultados. Dos Estados da região Sudeste, o Rio de Janeiro só apareceu na lista de séries iniciais do fundamental e na região Centro-Oeste, o Distrito Federal é o único que aparece entre os melhores dos três níveis. Apesar de o índice oferecer um retrato da educação no país, segundo a secretária de educação básica do MEC (Ministério da Educação) Maria do Pilar Lacerda, não é possível comparar o nível de ensino entre um Estado e outro, uma vez que cada um deles apresenta fatores que vão influenciar individualmente na qualidade do ensino, tais como índice de analfabetismo e acesso a escolas. "Ter três Estados do Norte e Nordeste entre os melhores já é um dado interessante: significa que começamos a ganhar fôlego", ressalta. Eu li isso aqui e aqui.
Explicações: Dei esse título à essa postagem porque sei que, com essa informação, virá o governo dizer que temos isso e aquilo e saímos disso e estamos naquilo... Nós não temos! Nós não estamos! Falta muito pra conseguir. Um longo caminho pra chegar lá. Nossos indíces de analfabetismo (incluo aqui os que sabem apenas desenhar o nome e que, falsariamente, são usados para mascarar os indíces) ainda são altos (no Acre e no Brasil todo), nossas escolas não são o que deveriam ser e nossos professores não recebem a formação necessária (principalmente durante a faculdade) para atuar. Esses são apenas alguns dos muitos motivos para não se histerilizar a alegria por saber que melhoramos nessas avaliações. Fico feliz por termos melhorado, mas me espanta que, num país sonhador como o nosso, ainda não tenhamos conseguido realizar nem aquilo que DEVERÍAMOS FAZER, como se comprova no vídeo abaixo:

sexta-feira, 2 de julho de 2010

A COPA 2



Enquanto o povo se inebriava durante os jogos, subiu o pedágio, aumentou o salário dos deputados e ninguém viu nada...

quinta-feira, 1 de julho de 2010

DE QUAL DESGRAÇA PRETENDE RIR O GOLEIRO BRUNO?

- Eliza Samudio, ex-amante de Bruno, do Flamengo, desapareceu há três semanas. Da relação com o goleiro teria nascido um menino hoje com quatro meses. Num vídeo exibido pelo jornal carioca Extra a moça, de 25 anos, registrou pesadas acusações contra o jogador. Sequestro, tentativa de aborto e espancamento são apenas algumas.

- A mulher de Bruno admitiu na polícia ter entregado – na rodovia BR-040 a um sujeito que mal conhece – o suposto filho de seu marido com a ex-amante. Apanhou a criança no sítio do marido, em Contagem, Minas Gerais, e simplesmente a passou adiante. O garoto foi encontrado pela polícia num abrigo público com o nome trocado.

- Buscas feitas pela polícia no tal sítio de Bruno encontraram evidências de que a criança e a mãe teriam passado por lá. Peritos relataram sinais de que alguém teria sido agredido com violência num dos cômodos da casa e tentado escapar por uma janela.

- Na polícia, os empregados do sítio tem-se mantido reticentes em relação ao episódio. O motorista de Bruno, sem mais aquela, disse a polícia que não tem nada a ver com o assunto: “Sou inocente”, afirmou, embora não estivesse sendo acusado de nada.

- Ao longo do caso que manteve com o jogador Eliza, de acordo com relato de amigas muito próximas, atravessou várias crises. Depois de grávida, teria apanhado algumas vezes por negar-se a abortar. Teria sido obrigada a ingerir drogas e Cytotec, medicamento para úlceras gástricas e duodenais que, nos primeiros meses de gravidez, provoca abortos como efeito colateral. Como estava grávida há cinco meses, não funcionou.

- Nesta quarta-feira, 30, a polícia de Minas anunciou que são de sangue humano manchas encontradas no carpete do assoalho e do porta-malas do carro de Bruno. Serão feitos testes para determinar se o DNA combina com o da ex-amante do jogador.

- Afastado do time pela presidenta do Flamengo, Patrícia Amorim, Bruno cruzou com um repórter que indagou como se sentia diante do vendaval. Disse que ainda iria “rir muito disso tudo”. Rir? Ex-amante que a polícia acredita estar morta, tentativa de esconder um suposto filho, manchas de sangue no carro, espancamento e mais um punhado de acusações. Rir de que?

Disse Xico Vargas aqui.

terça-feira, 29 de junho de 2010

A ENQUETE

Faz alguns dias que publiquei a enquete que você pode ver aí do lado direito da tela. Contando de hoje, ainda faltam 95 dias para encerrar-se. Esses dias correspondem, também, ao tempo que falta para as eleições do 1º turno. Vote. Expresse sua opinião. Esta enquete - diferente das outras -não pretende criar nenhuma expectativa (boa ou ruim) a respeito deste ou daquele candidato, se é que entendem?

POESIA SEM TÍTULO

Por que sonhamos apenas quando dormimos?
Por que só lá, no sono, os sonhos são reais?
Por que não nos tornamos donos de nós mesmos?
Por que não podemos enfrentar nossos próprios medos
mesmo quando, tão cedo, eles se impõem sobre nós?
Por que precisamos fugir dos outros, nos esconder dos outros,
viver pelos outros que nada são?
Nos deixem ser essa coisa doida!
Nos deixem ter a nossa verdade!
Eu não quero comer o seu pão,
Vou ter forças para flutuar
Para longe, bem longe...

sábado, 26 de junho de 2010

MATARAM ALEXANDRE IVO. FIZERAM-NO PORQUE ELE ERA GAY.



Intolerância? Maneira eufêmica de dizer PRECONCEITO, ÓDIO CONTRA HOMOSSEXUAIS. Quantas são as comunidades do orkut e de outras redes de relacionamento que plantam na cabeça de jovens sem personalidade que ser diferente é ruim, é pecado, é... Alexandre Ivo foi vítima desse tipo de coisa. Em seu perfil no orkut ele se define assim: "É Peter Pan, a criança que não cresceu e sabe voar. Quer aprender? Quer voar? Pense numa coisa boa, pense numa coisa bem boa. É só pensar em coisa boa que a gente voa. Pense numa coisa bem linda, que você nem viu ainda. Num raio de luar, que você vai voar Peter Pan, sombra na parede da caverna de Capitão Gancho. Travessura? Espectro? Imagem só? Será? Não é possível. É ele... Pan... Está lá? Lá? Ele está? De que lado ele está? É só pensar em coisa boa que a gente voa. Se pensar em coisa ruim? Bom! Pode até chegar ao fim!" Palavras de Pedro Bial na eliminação de Serginho no último BBB.
Alexandre também queria ser Peter Pan. Mas, a máfia não deixou.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

A COPA

Ontem, não quiz escrever mais sobre os jogos do Brasil na Copa. E nem valeria a pena: dos quinze minutos finais que assisti (preferi dormir) não valeria uma linha deste blog, não só pela atuação plácida da seleção do Dunga, mas por motivos que já citei por aqui. Mas, algo me chamou a atenção nessas últimas coisas que vi sobre esse "interessante" evento: vi no youtube a confusão que as palavras cagão, burro e não-sei-mais-o-que causaram na Globo. Dunga, cansado da investida descontrolada da emissora carioca sobre seus pupilos, resolveu protestar durante uma coletiva de imprensa - quase que silenciosamente - contra isso e, como nunca na história desse país, a detentora dos direitos de transmissão se viu tão acoada e tendo que baixar a crista, embora tenha se pronunciado no Fantástico no último domingo dizendo que "o técnico Dunga, no comando da seleção há quase quatro anos, não apresenta nas entrevistas comportamento compatível com a imagem de alguém tão vitorioso no esporte. Com frequência usa frases grosseiras e irônicas. Hoje, depois de uma vitória incontestável, mais uma vez foi assim. "
Meu comentário sobre isso tudo é a paráfrase de um twitteito que disse: "Xingou o técnico, é jornalismo; xingou os jornalistas, é crime contra a liberdade de imprensa". Faz sentido.
Se quiser saber mais, veja o vídeo abaixo:

HÁ UM ANO...



... eu lembro onde estava e o que estava fazendo e, principalmente, como me senti ao receber a notícia. Não acreditei. Precisaram insistir para que eu acreditasse. Mas, enfim...
Não passei a gostar dele depois que morreu. Cinismo não é um dos meu fortes. Admito que, por um tempo - especialmente durante as denúncias de pedofilia -, me afastei dos meu gostos pessoais por sua música e talento mas, voltei. Esperava ansioso pelo show que faria e que, com certeza, resultaria num dvd. Infelizmente, o dvd que saiu foi apenas o dos ensaios do espetáculo que nunca verei. Lamentável mesmo! Michael Jackson não tinha que morrer, não agora, não dessa forma. Há um ano... O tempo passa e, em alguns casos, não apaga a memória certas coisas.

terça-feira, 22 de junho de 2010

WHY?

Muitos me perguntam por que torço contra a seleção verde e amarela, contra a seleção do Dunga, a seleção do Brasil. Torço? Não torço, eu mentalizo, faço preces, faço vudu para que percam (hahaha! Risada maligna). NÃO É VERDADE! Não torço contra nada nem contra ninguém. O que quero mesmo é que todos e todas (rs) se dêem bem no que fazem. A reflexão que levanto em meus textos - aparentemente contrários ao bom desempenho do time canarinho (eca, já falei!) - é que não nos adianta sermos vencedores na Copa - ou em qualquer outro esporte que seja - se isso não nos trouxer ganhos sociais reais. E não me refiro a dívisas, me refiro ao social mesmo. Sempre pergunto aos que não entendem o que quero transmitir - quais são os países desenvolvidos (em saúde, educação e segurança, por exemplo) que possuem tantos títulos no futebol mundial como o Brasil. Sempre tenho o silêncio como resposta. A questão é que, investindo ou não em esporte, outros países - que não o Brasil - investem mais ou se preocupam mais com o que realmente importa para os seu povo.
Não vou dizer que não gosto das festas (embora não participe delas) mas, quando acabam, há sempre um saldo negativo, seja por uma sofrível ressaca ou mesmo por alguém que morre atropelado por outro que bebeu demais enquanto comemorava os gols que a seleção fez. Minha reflexão textual consiste nisso.
Em 2014, o que hoje acontece na África acontecerá por aqui. E quando penso nisso, fico imaginando o que farão para mascarar as quase incuráveis mazelas brasileiras. Talvez façam como fizeram no massacrado continente negro: procurarão as cidades mais ricas e enfeitadas e desprezarão os morros e as favelas, porque eles não dão ibope.
Esse é texto confuso, admito. Despejei nessas linhas ideias para outros tantos textos, mas não consigo me conter ao pensar no que realmente é a Copa e o que ela não representa para os brasileiros.
Eu sou brasileiro. Mas, atualmente não tenho orgulho e não tenho sentido todo esse amor.
Se quiser confirmar o que eu digo, clique aqui e pense.

QUER SABER...

o valor de uma pessoa? Pense em perdê-la. Experiência própria.

domingo, 20 de junho de 2010

2º JOGO DO BRASIL - MINUTO A MINUTO

AVISO: Ai, que sono! Estou eu aqui mais uma vez. O Brasil continua lá na África, jogando hoje contra outro time, Costa do Marfim. O time brasileiro joga com a mesma formação do jogo anterior. Dizem que será um jogo difícil. Tomara! Minha torcida CONTRA o Brasil é mesma.
Bem, amigos da Rede Globo, chega de papo. Eu sei que vocês querem é bola no pé, vamos lá. kkk

Pelo horário de Brasília

15:30: Bum! Bum! Pá! Já sabe, né? A bola começa a correr e meu agouro também, atrás da Jabulani.
15:31: Robinho avança rapidamente em direção ao gol, "quase como um cartão de visitas" - define Galvão Bueno. Nem acredito! Um minuto de jogo...
15:35: 0x0.
15:42: Lembrei do jogo (?) passado. Parece a mesma coisa. Considerando que temos a mesma formaçao do time, não é de surpreender...
15:45: Galvão diz: -'Tá na hora do Brasil começar a jogar! Não acho.
15:50: Brasil e Costa levam bronca do juiz. Bem-feito!
15:54: Goooooooooooooooool do Brasil. Luis Fabiano. Sem comentários.
15:59: Jogador brasileiro no chão.
16:10: O gol foi exceção, o jogo 'tá chato. As vuvuzelas da Globo enchem o saco também, são como abelhas.
16:15: Chato!
16:16: Fim do 1º tempo.
16:32: Começa o 2º tempo. Brasil vai fazer mais um? Minha resposta é aquela. kkk
16:36: Gooooooooooooool do Brasil. O que é que tá acontecendo? O tal do Luis Fabiano de novo! Num jogo ruim como esse...
16:40: 'Tô com raiva!
16:45: Blá, blá,blá...
16:48: Goleiro da Costa defende o ataque do Brasil.
16:48: Três??? Elano.
16:53: Sai Elano (machucado), entra Daniel.
17:00: Cansei de torcer (contra). Acho que não teremos MINUTO A MINUTO 3... E não quero ser Hexa. Definitivamente, não quero.
17:05: Gol da Costa do Marfim. Não vou comemorar. 'Tô com raiva.
17:11: Kaká leva cartão amarelo. Que bom!
17:13: Kaká 'tá brigando. Kaká é evangélico. Kaká é dissimulado. Kaká é expulso. Kaká não joga contra Portugal. Que booooooooom!
17:17: Três minutos de prorrogação.
17: 19: Robinho sai. Entra Ramires. Pra quê?
17:20: Fim de jogo. 3x1 para o time canarinho (Eca, que brega!). Começa a fuzaca aqui na cidade: barulho, gente bêbada, acidentes de trânsito, mortes. O Brasil ganha, a gente só perde.
No próximo, só vou agourar.