terça-feira, 12 de janeiro de 2010

SOBRE O BBB: "ZOOLÓGICO HUMANO MELHORA"

No intervalo da novela, 45 minutos antes da estreia, Pedro Bial surgiu na tela para prometer um “zoológico humano divertido” no BBB 10. Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.
Se entendi corretamente as apresentações, são 15 os “animais” do “zoológico”: o judeu tarado, o gay afeminado, a dentista gostosa, o negro com suingue, a nerd tímida, a gostosa com bundão, a “não sou piranha mas não sou santa”, o modelo Mr. Maringá, a nordestina sorridente, a lésbica convicta, a DJ intelectual, o carioca marrento, o maquiador drag-queen, o advogado vaidoso e a PM que gosta de apanhar.
Sempre haverá quem lamente a falta de um ou outro “animal”, mas o leitor há de convir que se trata, de fato, de um zoológico interessante e variado. Como disse o diretor Boninho há uma semana, “o BBB não é o retrato do povo brasileiro. São pessoas escolhidas por uma galera doida para jogar um jogo insano!”
Para uma estreia global, esperava-se mais. O experiente Bial tremeu, gaguejou antes de fazer apresentações, confundiu histórias de duas candidatas e, para sua infelicidade, ainda encheu o peito para anunciar a “vinheta matadora” do programa – não podia prever que o público veria a do BBB 9.
Ao final, no momento de organizar os “animais” do “zoológico” em cinco grupos, Boninho deu a sua escorregada, ao tentar reduzir a cinco categorias (“sarados”, “cabeças”, “belos”, “ligados” e “coloridos”) um universo que parece bem mais diversificado.
A novidade mais vistosa no primeiro dia foi o maquiador drag-queen Dicesar, mas a sua descontração afetada, mais para gay de novela das sete ou do “Zorra Total”, pode cansar. A segunda grande novidade, apresentada ao final, é a possibilidade de dois ex-BBBs voltarem ao programa. Cria-se aqui um problema: como serão chamados depois que deixarem o BBB 10? Ex-ex-BBB? Ninguém merece esse destino.


Por Mauricio Stycer em Crítica UOL

4 comentários:

...vdj... disse...

De fato ainda somos levados a assistir as "experiências de vida" que esses "escolhidos pré-programados" vão mostrar dentro da casa.

Cultura inútil? Talvez sim, talvez não. É bom de vez em quando ver as merdas, presepadas e temperamentos variáveis dos outros lá dentro para não repetí-las aqui, do lado de fora das casa e das câmeras.

Só pra frizar o que todos já sabem: "Povão gosta mesmo é do que não presta na tv".

.
.
.

Fábio Lima disse...

A platinada tentou "inovar" trazendo personagens dos (shows)anteriores?!Conseguiu fazer do programa uma chatice a mais.As poucas zapeadas que dei foram através do multishow, continua sempre mais do mesmo...

Cristiane Carrillo disse...

Se já não gostava da tv aberta,agora com esses realitys piorou...
Detesto essa tentativa de empurrar garganta abaixo tipinhos que são desonestos, falsos, sem moral e sem a menor vergonha como sendo gente boa.
Pura bobagem e alienação!

Anderson Ferreira disse...

Muito boa postagem. Acho que o programa causa um enorme atraso na evolução do nosso país.

Gostei do seu blog Vitor, sou seu seguidor e até fiz uma referência dele no meu Blog.

Veja minha postagem também sobre o BBB:

http://andersontudocerto.blogspot.com/

at