terça-feira, 25 de novembro de 2008

UMA PAUSA PARA O AMOR


Por esses dias, ouví Caetano Veloso - de quem gosto muito - dizer que não acredita que haja relação entre o romantismo e o amor. De acordo com ele, é dificil ter amores permeados pelo calor da paixão ou pelo costumeiro turbilhão de sentimentos. Amar, para Caetano, é físico, é escolha racional. DISCORDO! O amor é mais que isso. Como já disse Ana carolina " o amor talvez seja uma música que eu gostei e botei numa fita..." Leia-se: é uma coisa íntima, profunda. E é isso que você representa pra mim, meu amor. Seu carinho, nosso afeto, criaram laços fortes de amizade e respeito, raros hoje, e difíceis de quebrar, muito intensos.Eu sei o blog tem outro cárater, discutivo, quente, revoltoso até, mas não poderia deixar de abrir espaço aqui pra expressar o meu amor por você. São dois anos e isso não é pouco! Tomara que venham mais e que todas as nossas promessas se cumpram. Ah, é bom que se diga, o universo conspira a nosso favor. TE AMO MUITO! Olha os cachorrinhos lá em cima...

video

2 comentários:

...vdj... disse...

Profundo... e lúdico!

Parabéns... você merece amar e ser amado.

Saudações!
[]'s
.
.
.

Alberto Pereira Jr. disse...

bela declaração!
o amor é sim um sentimento genuíno que merece ser cultivado

:)